quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

A propósito da minha mudança de casa, no fim-de-semana passado:


[a tentar arranjar um motivo para fazer uma festa]


Pessoa 1: E quando é que fazemos um jantar para comemorar a mudança? 
Eu: Quando tiver loiça! 
Pessoa 1: Eu levo os pratos. 
Pessoa 2: Eu levo os tachos. 
Eu: E que tal levarem o jantar já feito?



quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Dreams


Nos meus sonhos tu ainda te preocupas comigo, ainda queres saber de mim... Acordo a sorrir, mas o sorriso depressa se desvanece... Seria mais fácil não sonhar, não lembrar, não sentir...

terça-feira, 5 de Agosto de 2014

E eu preciso de tão pouco para ser feliz...


Acordei de manhã e já estava sol, ainda era cedo, mas o dia já estava agradável. Fiz um cappuccino, peguei no meu livro e fui sentar-me no jardim a desfrutar do sossego da zona onde vivo. Devia ter saído logo de seguida, a ideia era tratar de tudo de manhã e almoçar pelo centro da cidade, mas o raio da preguiça venceu-me e acabei por almoçar em casa e só sair de tarde para tratar de tudo... Para já conheço dois cafés portugueses, onde os donos falam português e os produtos são nacionais. Um deles, pequenino, mais típico e acolhedor, que eu adoro e onde, normalmente, vou tomar o pequeno-almoço, o outro, maior, uma espécie de "ponto de encontro" da malta portuguesa quando sai do trabalho. É tranquilo isto aqui, as pessoas (regra geral) são simpáticas e sempre prestáveis, já ia sendo atropelada umas 1500 vezes, porque me engano e olho para o lado esquerdo, em vez de olhar para o lado direito, mas isto é só um pormenor...

A primeira semana...



The view - 26|07|2014

Ao entrar no Reino Unido