sábado, 28 de março de 2015

I deserve new shoes!


Nunca gostei da marca Melissa. Embirrava com o aspecto a "plástico". Não gostava e achava um absurdo o preço aplicado. Até encontrar as mais fofinhas, em saldos, numa loja em Tenerife, não resisti e tive de as trazer comigo... 
E o conforto? Do melhor que há!

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Quanto tempo o tempo tem?


E quando me perguntam a idade lá respondo "vinte e oito". E lembro-me que estou quase a fazer vinte e nove. E era essa a idade que tu tinhas quando nos conhecemos. E só me apetece pedir ao tempo que pare de nos levar para longe de nós. E tenho saudades tuas. Serei sempre melhor pessoa por te ter conhecido e por tudo aquilo que aprendi e cresci contigo.

sábado, 31 de janeiro de 2015

Um desastre nunca vem só [ou como há coisas que só me acontecem a mim]


Era segunda-feira, estava a trabalhar das 6h às 18h (e para chegar ao trabalho às 6h tenho de sair de casa às 5h, o que implica levantar às 4h, mas isto são meros pormenores para perceberem que o dia já não tinha começado bem), estava com o período e com um mau-humor que nem eu própria aguentava. Tudo mau, portanto. 

Cheguei ao trabalho, vou para o meu lugar, tiro o casaco, vou dizer qualquer coisa à minha colega e quando volto para o meu lugar ela chama-me e diz: 


- "Oh Sofia, tens as calças rasgadas atrás!"

Ponho as mãos nas calças e não era só um pequeno rasgãozinho, era um rasgão de alto a baixo. Lá vou à casa-de-banho e sem grandes opções, tiro a camisola, amarro-a à cintura e ligo a outra colega para me levar umas calças quando for trabalhar...



|12.01.2015 - Sofia, a começar o ano em grande|