segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Deste amor que sinto...

Desde que o conheci que sinto que seria sempre mais feliz com ele. Hoje, continuo a achar que sim. Ele é A pessoa certa, a que quero comigo. Não digo que é ele que me completa, porque eu sou eu e basto-me enquanto pessoa. Ele transborda-me. É isso. Ele faz-me mais feliz, porque eu já sou feliz, sei-o ser sem ele. Ele faz-me ser melhor pessoa, sou melhor por ele, sou melhor desde que o conheci. E é isto que sinto quando me lembro dele. É por tudo isto, e muito mais que digo, se não posso ser feliz com ele, sê-lo-ei sozinha...

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Would you?


If I showed up on your doorstep crying, would you care?

If I called you and asked you to come pick me because something happened, would you come?

If I had one day left to live my life, would you be part of it?

If I need a shoulder to cry on, would you loan me yours?

Por terras de sua majestade [Stonehenge]

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Temos o mundo ao contrário...

Voltaria para Portugal, amanhã mesmo, sem pensar duas vezes, se soubesse que estarias à minha espera no aeroporto...